sexta-feira, 17 de junho de 2011

Refletindo o que és


Serei seu espelho,
Jogando dados,
Pontuando vazios.

Alcançar o Paraíso?
Talvez, no seu corpo esguio.

Pequena ancestral de Safo,
Encantadora,como Pandora.

Me faz, só por hábito,
Sofrer de futuro,
Agora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário