domingo, 19 de junho de 2011

Carta Para Anne H.

Te encontro,
Com seus pés descalços
E polimórfica perversão.

Me chama a atenção:

Vê liberdade no tempo, pra outros prisão(?)
Entidade metamórfica,
Sonho refletindo sonho ="MetaMorpheus".

Construção em teus abismos,
Conectando, abismando os meus.


Atravessamos precipícios
Com pontes se interpondo
Fazendo versos, compondo
Diversificando nossos oníricos indícios.

Iguais aos discípulos de Orfeu,
Eis o que somos,
Você, eu
E qualquer romance belo
Que nunca aconteceu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário