sexta-feira, 17 de junho de 2011

Canção sem registro (a.k.a "dezembro")


Queira estar,
No mesmo lugar,
Pra que eu possa,
Te fotografar.

Queira ver,
Sempre há de ter
Uma Luz no seu caminhar.

Olha...
Sou a imagem
Da necessidade
Isso não vou negar.

Olha...
Estarei sempre
No mesmo lugar.

Tens a noite,
Nove vidas no ar,
E em Preto-e-branco,
O observar.

Meu desejo
É o seu flutuar
Um só verão, vai me instigar.

Serei tudo o que precisar,
Piada pra rir, ombro pra chorar,

Só pretendo me certificar,
De que de seu rosto
Poderei lembrar.

Olha...
Sou a imagem
Da necessidade
Isso não Vou negar.

Olha...
Estarei Sempre
No mesmo lugar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário