terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Sábia Praticidade

Para suas metas:
Heroísmo,
Experimentada detentora do perfeccionismo,

Sem apego por convenções,
Desprezando tradições

Se lança,
Se protege,
Se observa,
Se guarda
Vanguarda:
Futurismo.

Se existe algo em que lhe atrapalhar não ouso,
É duvidar de sua tensão,
E depois, negar-lhe o repouso.

Não raro, nem ela mesma se entende,
Flertando com a intolerância,
Impaciência patente.

Mas isso se explica:
Há o bem,
O desigual, também
E nela tudo se duplica.

Vê longe,
No dia-a-dia,
Enxerga  o que sem ela não viria,
Ninguém alcançaria,
Em campo de olhar distante,
O respeito marcante,
Que ela divide,
Entre o diferente e o semelhante.

Da harmonia e poesia nascem,
As coisas que mais amor lhe trazem,
Em sua objetiva sabedoria,
Sensível capacidade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário