sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Para todos os parados, Paramentação




Fingir pra não fugir,
Quando é, como sempre,
Impossível a evasão.

Ninguém está sozinho em sua mentira,
Cotidiana atuação,
Escondo minha ira,
Sem qualquer outra opção,
Olho o chão 
Lutando pra escolher o que merece minha atenção,

Senão,
Haverá o "sim" um dia?
Não há culpa quando se finge, 
Evitando o que restringe...

Uns podem chamar isso de farsa, calúnia,falsidade,
Aleivosia,

Mas para mim é graça, necessidade, imaginação
Fantasia.
(Para: Adriana Gomes)

Um comentário: