sexta-feira, 18 de maio de 2012

Talvez....

Talvez amanhã meu rosto esteja nos jornais,
Talvez no dia seguinte já não importe mais.

Talvez você já tenha sido curada,
Talvez eu fracassei em fingir que não senti nada.

Talvez, como nunca, sua resposta seja a mesma do vazio,
Talvez estejam te recriminando por algo que ninguém sequer viu.

Talvez pra ti eu tenha travestido de normal uma sensacional conquista.
Talvez por mim, fosse importante colocar todas as sensações em uma lista.

Talvez tenha esperado demais por tua vontade,
Talvez estivesse querendo apenas alguém para inflar minha vaidade.

Talvez eu percebesse que nenhum pudor preservaria,
Talvez não consciente de invisível vilania.

Talvez morrendo de tudo, todo além da saudade,
Enquanto trocas o nome,
Grafito,
Gravitando aflito,
Aos sobressaltos,
Entre fome,
Pés descalços
E liberdade.







Nenhum comentário:

Postar um comentário