domingo, 27 de maio de 2012

Abordar (ou bordejar) as distâncias

Viver a urgência
Deparar com a escuridão,
Saber que a impaciência é parte da sua precisão,
Necessidade bruta, absoluta comunicação


Fazer na própria pele uma anotação
Notando que, ao tornar linha a união entre os poros,
Escreve sob o calor o seu destino,
A quem os antigos gregos chamavam Moros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário