terça-feira, 22 de novembro de 2011

Fôlego Curto

Quero que teu quadro me cubra,
Pra que eu trace caminhos nas veias de tua face rubra,

Se te conheço um pouco, isso se refuta.
Mas de agora em diante,
Peço que pense na pedra brilhante:
Tenaz,dura,
Sem ser bruta.

Um comentário: