segunda-feira, 1 de abril de 2013

Ruminar Desarrumos

Por que nós?
Por que aqui?
Por que agora?

Por que longe?
Por que eu, não monge?
Por que bom, não vigora?
"Om" não me revigora?

Por que surge,
Surda quando sonora?

Por que tanto?
Outro canto?

Por que tão?
Tanto não?

Poupar?
Pouco par?

Pouca mão?

Pouco ir?
Recair?
Decair?

Decantação?
Descarar?
Marcar a cara no chão?

Em vão?
Por qual razão?

Por que vou?
Sim ou não?



Nenhum comentário:

Postar um comentário