quinta-feira, 21 de março de 2013

Que Fim Levaram Os Gatos Pretos?

Como quem depois do fim, volta pra página um,
A título de memória,
Sigo sem esquecer,
Desse poema comum,
Em também querer eu ser

Com toda a sua glória
O capitão de Bandeira,
No rondó de Manuel
E sua esperançosa história.

Juntos de Isadora,
Do hierofante,
Da mulher infiel
Desde antes de todo agora,

Compõem Monte Parnaso,
Descoberto ao acaso
Em música de teatral passado.

Indefinível,
Entre seco e molhado,
Hoje Imaginado,
Nas sendas tranquilas do invisível,
Lirismo, deleite audível.


Nenhum comentário:

Postar um comentário