domingo, 24 de fevereiro de 2013

Depuração

Chega,
Enxerga,
Em vergonha,
Enverga.

Grito ecoado,
Decodificado.
Agricultura celeste o terá solucionado,
Por ter determinado,
Terreno em sol arado?

Dono amedronta,
Anda em andino tesouro,
O astro rei transpira,
E da queda de cada gota que na terra se atira.,
Nascem minas de ouro.

De pé,
Pedes
Piedade:
Alega que o extraído daquilo que o sol sua,
Transcende  propriedade.

A sede é o fogo desse jogo,
Calor ao redor da fogueira das vaidades.

-Não te amas?-
-Ele pergunta-
O bastante pra que temas,
Que tua era passe conforme o teu destino derramas?

Cometeu erro,
Pecado mortal daquele momento,
Calcular mal o interesse,
Falhar no recado pelo endereçamento.

Teria embaraçada,
Sua estratégia,
Entremeada de inveja,
Embaraçosa e embaraçada,
Perderia, então,
Em vão,
Do pensamento a meada.

Tocaria o vazio,
Por perecer sem fio que o guiasse na caminhada.

Você o ilude,
Quando alude,
Ao voo,
Ele se aproxima, vem,
Te ovaciona,
Não equaciona,
Desconhece o início,
Porta, entrada o rota,
Desequilibra em linha torta,
Particular vício.

Eres veneno
Pra aquele mundo pequeno.

Mede asa,
E ensina,
A cura está em manter os princípios ativos
Em qualquer medicina.

Disso sucederia,
O fiar pra atravessar maresia.

A emoção proporciona.
Semear Juventude,
Variação sem avaria.

Só o que se dimensiona,
Etapa  que superaria.

Lapsos do lápis,
Criam caligrafia,
Calam mote que matar queria,
Tentação de quem destrataria.

Eu,fiel aos dados que giro,
Aos elos pelos quais respiro.

Por costume, quimeras concebo,
Uvas e mel recebo,
Sendo pouco rei e mais réu,
Do que percebo.

Se se pode,
Com uma ode,
Me seduz.

Por isso aqui pus o que compus.

Dói?
Depende do tom,
Prosaico feito pera,
Sagrado feito Amon,
Outro ser solar,
Que se grifa,
Glorifica
Quando hieroglifica.

Isto é:
Normal
Ou nem tanto,
Espanto,
Mesmo mal,
Significa "bom".

Eis meu "tao"
Agora,
Nau,
Cacofonia,  bossa boçal.
Vira realidade,
Útil material.

Dose cavalar,
Pra cavar ar,
Fazer perdurar,
Perdição onde consigo me encontrar.

Caí,
E...
Levanto cada encanto,
Canto enquanto não sumi.

Adiciono:
Toque,
Trocas relaciono.

Fato eco-étnico travo,
Provo, sinto,
Sabor de cravo.












Nenhum comentário:

Postar um comentário