domingo, 12 de agosto de 2012

Certeza?

O abraço vem...Será?
Vencerá?
Assim?
Sinceramente?
Servirá?
Fará a mente vir a ser?
Semente?
Sem Mentir?
Só ir?
Se virar?
Errar?
Não encerrar?
Vagar?
Devagar?
Divagar?
Tê-la vertida em ti, ao ver-te?
Divertida?
Em versão?
Inversa?
Perversão?
Transversa?
Conversão?
Ou conversa?
De verso?
Diversa?
Diva, essa?
Devir ou devaneio que se confessa?
Bastidor do que não se basta?
Apenas a superfície, a pena, a casca?
Ou a cascata?
Que é feita, perfeita,
Da urgência de gente,
Consciente,
Ao dispersar a pressão,
A pressa?




Nenhum comentário:

Postar um comentário